domingo, 16 de agosto de 2015

E o Unão chegou aos 300.000 km...

O fato ocorreu ontem!


Uno CS 1.5 ie / 95,  adquirido em 2002, com 18.000 km, está conosco até hoje. São 13 anos, portanto.

Salvo engano, na época foi comprado por R$7.800,00.

(Corrigido pelo INPC, o valor corresponde a aproximadamente R$18.000,00. Com rendimento da caderneta de poupança, iria para quase R$21.000,00.)
Sim, a poupança tem rendido pouco!





Para que tem servido o Unão?

- passeios aos finais de semana;
- 4 anos de estudo;
- 3 anos lecionando;
- transporte para o trabalho, eventualmente;
- visitas aos familiares e amigos;
- viagens de férias;
- etc.


Quanto tem custado?

Se considerarmos que o carrinho fez 12 km/l, em média, e que rodamos com ele 282.000km, chegamos a 23.000 litros consumidos. Se tomarmos o litro a R$3,00, estimamos ter gasto pouco mais de R$70.000,00, só com gasolina.

De fato, só no último ano, foram 20.000 km ou quase R$5.000,00, em combustível!

Além dos desembolsos citados,, temos outro gasto fixo anual bem superior a R$1.000,00 com seguro, fora manutenção: óleo, pneus, reparos eventuais etc. Alguns aliás bem carinhos, como retífica de motor / troca de embreagem / suspensão...

Ainda bem que IPVA pagamos só até 2015. Carro com mais de 20 anos não paga!

Uma continha que em 13 anos passa fácil dos R$100.000,00. Realmente não é barato. Mas, comparado a outros automóveis, é um dos que dá menos problemas (quase não quebra!) e menos gastos, até porque a manutenção é relativamente "barata".

Tem valido a pena!

Transporte público seria alternativa menos onereosa?
Talvez, mas e os transtornos?
(desconforto, perda de tempo, estresse... )

Apesar dos ônus, só nos resta o sentimento de gratidão pelas facilidades proporcionadas e pelos momentos agradáveis que passamos com o carrinho.

Por fim, frases desgastadas: E em time que ganha não se mexe.
Carro não tem ano, tem dono - ou cuidador...;-)


Nenhum comentário: