terça-feira, 7 de dezembro de 2010

MANDRIVA EM UM MILHÃO E MEIO DE COMPUTADORES NAS ESCOLAS PÚBLICAS BRASILEIRAS

Acabo de verificar que botaram a notícia lá no BR LINUX:
http://br-linux.org/2010/mandriva-e-classmate-pc-vao-ser-adotados-pelo-mec-nas-escolas-brasileiras/


Deixei ali uns pitacos, que tomo a liberdade de compartilhar com os caríssimos que visitam este nosso espaço virtual.

"NUNCA NA HISTÓRIA DESTE PAÍS, o Linux teve uma oportunidade tão grande. Mas agora é a hora de exercermos nosso voluntariado. Talvez seja o caso de nos colocarmos à disposição do pessoal da APROFEM, do SINPEEM e da APEOESP (em São Paulo) e equivalentes em outros estados, de pedirmos publicações de matérias em jornais impressos e nos “sites”, destacando que o MANDRIVA ou qualquer outra distribuição Linux faz tudo aquilo e mais um pouco do que o aluno precisa. É a hora de explicarmos até a possibilidade de a maquininha trabalhar com mais de um sistema, de indicarmos o FÓRUM DA COMUNIDADE e os ricos materiais produzidos por seus membros mais ativos (manuais, jogos, etc). E hora salientarmos que, não por acaso, o STF, a RECEITA FEDERAL, o Banco do Brasil e tantas outras instituições públicas e também privadas tem adotado o padrão de software livre / aberto. É o momento de focarmos nossas atenções no corpo discente e especialmente ao corpo docente, para que todos saibam o que representa esta implantação em massa, em termos de liberdade, de economia…

(Quanto o povo teria economizado, se cada um dos milhões de computadores domésticos, vendidos em nosso país viesse só com o Linux, se não fosse necessário comprar "pacote de escritório" e outros com equivalentes gratuitos?)

Talvez seja ainda o momento de colocar os alunos em contato com as possibilidades de ter o domínio de suas próprias máquinas, de um primeiro contato com linguagens de programação; enfim, com um mundo novo e mais livre. Sei que pode parecer um pouco de idealismo utópico de minha parte, mas se acredito no trabalho coletivo e comunitário não dá para ser de outro jeito."



Também mandei o mesmo comentário ao blog do Nassif, que tem uma parte dedicada ao software livre: http://www.brasilianasorg.com.br/tematicas/software-livre .

Em tempo:
O Bradesco apoia uma ESCOLA VIRTUAL (http://www.ev.org.br), patrocinada também pela M$.
Falta quanto para virarmos também esta mesa?

Nenhum comentário: