sexta-feira, 6 de março de 2009

+ 2 letras

Epitáfio

Titãs

Composição: Sérgio Britto

(A gente até ama, arrisca-se, chora, faz o que queria fazer, mas sempre falta muito mais...)

Falta deixar de fazer...

(Trabalhar muito, importar-se com problemas pequenos, não aceitar, complicar...)

Quem sabe um andar um pouco mais distraído, quem sabe o acaso realmente proteja... e o por do sol possa ser bom!

"O sol se por..." Não é um problema (?), e pelo menos não se pode dizer que seja algo pequeno!

Faz lembrar o Oswaldo Sibineli - um psicólogo, da Rádio Boa Nova de Guarulhos. (Saudades dele...)

Lembrava coisas como esta, por exemplo:

"Um caminho novo eu não conheço - mas sei que há um novo jeito de caminhar!"

E até um bem mais midiático; Gaparetto!

"Assista à vida, sentado do camarote da sua alma. Nada é tão sério..."

Ver o sol nascer...
Ver o sol se por...

É preciso dormir bem.
E perceber / sentir os ciclos! (Naturais...)

Devia ter amado mais
Ter chorado mais
Ter visto o sol nascer
Devia ter arriscado mais
E até errado mais
Ter feito o que eu queria fazer...

Queria ter aceitado
As pessoas como elas são
Cada um sabe alegria
E a dor que traz no coração...

O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar distraído
O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar...

Devia ter complicado menos
Trabalhado menos
Ter visto o sol se pôr
Devia ter me importado menos
Com problemas pequenos
Ter morrido de amor...

Queria ter aceitado
A vida como ela é
A cada um cabe alegrias
E a tristeza que vier...

O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar distraído
O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar...(2x)

Devia ter complicado menos
Trabalhado menos
Ter visto o sol se pôr...

PORQUE...

Enquanto Houver Sol

Titãs

Composição: Sérgio Britto

Quando não houver saída
Quando não houver mais solução
Ainda há de haver saída
Nenhuma idéia vale uma vida...

Quando não houver esperança
Quando não restar nem ilusão
Ainda há de haver esperança
Em cada um de nós
Algo de uma criança...

Enquanto houver sol
Enquanto houver sol
Ainda haverá
Enquanto houver sol
Enquanto houver sol...

Quando não houver caminho
Mesmo sem amor, sem direção
A sós ninguém está sozinho
É caminhando
Que se faz o caminho...

Quando não houver desejo
Quando não restar nem mesmo dor
Ainda há de haver desejo
Em cada um de nós
Aonde Deus colocou...

Enquanto houver sol
Enquanto houver sol
Ainda haverá
Enquanto houver sol
Enquanto houver sol...(3x)

Um comentário:

Anônimo disse...

Não se preocupe com o agora, pois ahora chegará, haja chuva - aja com sol, o jeito é caminhar.

O deveria já se foi... o dever é prá já. O depois é futuro, o importante é andar.