sexta-feira, 25 de julho de 2008

Como os fornecedores ganham seu $...

(A série não pára!!!)

O BACEN aumentou a taxa anual, de 12,25 para 13%.

Segundo o blog de Maria Inês Dolci, um executivo que representa banqueiros estima que a taxa para os empréstimos pessoais passará de 7,33% para 7,39% ao mês.

Registrei ali comentário pouco mais ou menos assim:

O custo de captação vai aumentar 0,75% ao ano, e eles vão aumentar a taxa anual de 133,7% para 135,27%! Ou seja, quem tomar R$1000,00 vai pagar R$2352,70 daqui a um ano, enquanto antes pagava R$2337,00. Portanto, a mordida será de R$15,40 “a cada mil”, sendo que o custo de captação variou de R$122,50 para R$130,00 (diferença de R$7,50). Só mais do que o dobro!!!! Como o Código de Defesa do Consumidor prevê informação em TAXA EFETIVA ANUAL, registro diferenças que obtive nas taxas cobradas pelos bancos, para empréstimo consignado do INSS (conforme “site” do próprio INSS):

BANCO DO BRASIL: prazo de 12 meses, 1,70% ao mês;
BANCO PRIVADO: prazo de 12 meses, 2,49% ao mês;

Se a informação sobre a taxa de juros fosse a TAXA EFETIVA ANUAL, como MANDA o CDC, teríamos, respectivamente:
BB 22,42% ao ano;
BANCO PRIVADO: 34,33% ao ano!

Vamos, pois, SEMPRE falar em TAXA ANUAL e marcar bem as diferenças que existem no “mercado”, especialmente entre ESTATAIS e PRIVADAS!

Um comentário:

Anônimo disse...

Caro blogueiro, pq não comentas as coisas da vida? As relações, de consumo, comerciais ou sexuais? A fonte secou?

Eugênio