sábado, 26 de abril de 2008

CONSÓRCIO - EU FUJO DELE!

SOU CONTRA CONSÓRCIOS!

Acabo de ouvir entrevista sobre consórcios.

Mandei, em seguida, "e mail" à rádio POUCO MAIS OU MENOS com o seguinte teor:

Mais uma vez, a CBN pediu à raposa que tomasse conta do galinheiro.

Gozado como vocês adotam reiteradamente este sistema - outro dia a Mara Luquet falava com o cara da FEBRABAN sobre "dicas para economizar em tarifas" - um cabra desses tem algum interesse nisso e propriedade para falar sobre o assunto?

Creio que para falar a verdade sobre consórcios poderiam ter recorrido às entidades de defesa do consumidor.

De qualquer forma, lanço minha contribuição.

Consórcio, via de regra é muito ruim.

Basta dizer que, em um grupo de 100, metade será sorteado no final do grupo. Pagará 15% de taxa de admistração sobre todo o valor e ficará 50 meses sem de nada usufruir. Consórcio só é bom para os que são sorteados no início - podem usufruir do bem, ao custo de apenas 15% - pena que estes são tão poucos.

Consórcio não tem nada a ver com o financiamento - neste, você RECEBE o imóvel - deixa imediatamente de pagar aluguel! Naquele você paga aluguel e consórcio.

O cabra da ABAC ainda disse que trata-se de poupança! Negativo: poupança RENDE JUROS - aliás, é a melhor forma para a compra de imóvel - juntar dinheiro, comprar algo que está, de fato, de acordo com a condição do sujeito, não com aquela condição que ele gostaria que os outros pensassem que ele tem.

E o argumento segundo o qual quem não tem consórcio não poupa também é falso, pois leva a crer que a pessoa ficaria "obrigada a poupar", sendo que, na verdade, qualquer imprevisto faz o consorciado abandonar o plano - mais uma faceta ruim do sistema.

Sabemos todos que, por motivo de força maior - doença, desemprego, etc - qualquer um está sujeito a deixar de pagar o consórcio.

Como planos de consórcio, em geral, são de LONGA DURAÇÃO, é muito freqüente a "necessidade de abandono".

Para a empresa, tudo bem - a tragédia é para o outro - ela vai ficar com o dinheiro em caixa até o final do grupo, poderá repor a cota...

Seria bom até que a CBN apurasse e divulgasse aos ouvintes qual o número de DESISTENTES de consórcio - estes pobres diabos recebem PARTE DO QUE PAGARAM ao final do grupo - depois de anos... Verão que o número de pessoas nesta condição é impressionante.

Como diz um emérito professor de Matemática Financeira que conheço - é mais uma JABOTICABA - coisa nossa! Nada contra o nacionalismo... - mas às vezes comparar nosso comportamento com o dos outros ajuda a pensar...

Outro detalhe: se consórcio fosse bom mesmo, seria o caso de estatizarmos o sistema - criarmos a CONSORBRÁS. Contrataríamos, por concurso público, pessoas realmente preparadas (que recebessem salários adequados, boas condições de trabalho, etc), que cumpririam o DEVER DE INFORMAR - o sistema operaria com taxas bem menores - afinal nada justifica custear LUCRO se possível é usar toda a receita em prol dos consorciados.

Creio que quem conhece bem consórcio não faz!

Nenhum comentário: