domingo, 6 de novembro de 2016

Que tal abandonar a grande manada e frequentar grupos menores e melhores? (I)


     
                     


Tenho utilizado somente esse aplicativo, nada similar no smartphone, apesar de a esmagadora maioria das pessoas com quem me relaciono usar aquela outra solução que é tanto mais famosa como mais limitada. Fico sem contato por essa via com muitas pessoas, algumas com quem realmente valeria a pena manter contato.

Inúmeros artigos estão disponíveis com comparações entre aquele que é o mais utilizado e esse que é o melhor.

Apesar de tanta informação e conhecimento disponível, o grosso das pessoas simplesmente ignora as vantagens do Telegram e não faz questão nenhuma de estimular ou mesmo de discutir com seus amigos esse assunto.

A lógica seria: se o outro é mais popular, por que não aderir também em vez de perturbar?

Comodismo então não seria a única causa para a resistência.

Pra que argumentar ou insistir em um assunto de "menor importância"?


Ser taxado como "do contra"?  Quem quer isso?

O caso é que a solução russa realmente oferece mais privacidade e, pelo menos até o momento, não demonstra que seu mais puro interesse seja monitorar os hábitos de consumo em prol de grandes corporações - ou, seja não está potencialmente relacionado com mecanismo de manipulação de massas.

Feito esse brevíssimo arrazoado, cabe apenas agora brindar o fato de eu ter atualizado o Telegram para a versão 3.13.1.

(Atualização feita, obviamente, pelo repositório do F-Droid, já que não tenho usado nem configurado conta Google no meu smartphone. Sim, isso é possível.)

Após atualizá-lo passei tomei contato com possibilidades interessantes, que até já existiam nas anteriores:

- armazenamento de arquivos em nuvem, pelo próprio aplicativo.

- configuração de dupla verificação, toda vez em que houver acesso a partir de um novo aparelho.

Com a dupla verificação, além da típica mensagem de SMS, gerada pelo Telegram, será necessário inserir uma senha que eu mesmo escolhi. A possibilidade de recuperação dessa senha pode ser feita a partir de um e-mail. A propósito, uso o Protonmail que oferece avanços, como o Telegram nas questões de privacidade, segurança com criptografia de ponta a ponta etc).

O objetivo agora é, quem sabe com o tempo, explorar facetas como bots e jogos interativos. Aliás, foi nesse tipo de jogo que a versão mais avançou.

Os motivos acima dificilmente serão suficientes para que mesmo meus poucos amigos passem a usar e a recomendar mais a utilização preferencial do Telegram. Ainda assim fica uma sugestão de leitura para quem tiver tempo e interesse de se desvencilhar um pouco da manada: https://telegram.org/faq/br  

                                 

domingo, 16 de outubro de 2016

Uma (duas) palestrinha(s) interessante(s) do TED

(No site do TED é possível encontrar legendas em Português)

domingo, 18 de setembro de 2016

Uber - será que vale mesmo a pena?

Há algum tempo publiquei nesse espaço, cedido pela Google, algumas considerações sobre o serviço dedicado principalmente a transportar gente da classe média e média alta nas grandes cidades. Questão que seria até menos importante, pois não serve ao povão, à maioria dos brasileiros.

Confesso que nunca o utilizei, até porque evito instalar aplicativos não livres em meu smartphone.

E, se fosse instalar algo do tipo, optaria talvez pelo 99Taxis.

Na época em que comecei a cismar com o que muita gente achava maravilhoso, havia duas questões que mais me instigavam:

1 - por que brasileiros para usar serviço de relativa simplicidade no Brasil precisariam destinar 25% a uma corporação multinacional, mantida pela Goldman Sachs e pela Google?

2 - os trabalhadores brasileiros não seriam afetados?

(Isso tudo sem contar o ponto de vista sempre interessante do Bom Doutor, Stallman Reasons not to use Uber )


Agora, dia após dia, tem sido publicadas notícias nada animadoras tanto para quem faz do Uber seu ganha pão como para quem é mero usuário do serviço.

Como ganha pão, realmente não parece viável, como pode ser verificado em uma notícia de hoje, da Folha de São Paulo: Motoristas "exaustos" do Uber assustam passageiros em São Paulo

Do ponto de vista do consumidor, embora muitos digam que o serviço é "maravilhoso", temos um quadro nada positivo no Reclame Aqui. Como pode ser observado, a empresa figura com mesmo patamar de reclamações de empresas de telefonia e grandes varejistas, apesar de ser utilizado por uma pequena fatiazinhada da população, ao contrário dos dois outros segmentos.



E, como se não bastasse, temos um outro artigo (Uber investors aren’t paying for innovation anymore) dizendo que, ao contrário do que muitos pensam, a empresa tem operado no vermelho, embora os investidores tenham esperança de que o resultado possa mudar mais adiante, a medida que o market share aumentar. Ou seja, para e empresa o ideal seria um monopólio.
Mas isso combina com o que querem consumidores e trabalhadores?
Por ora, penso que não.

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Que tal alguns passinhos?

Conforme programado e citado na última postagem desse espaço, hoje (sexta-feira) seria o "dia livre".

No entanto, talvez fosse melhor pelo menos caminhar.

Quinze minutos a pé, do metrô ao local de trabalho, caminhando normalmente... (1,5 km aproximadamente)

Subir escadas, tanto no metrô, como no prédio...

Ao final do dia, em conversa com colegas, muitos ainda não sabiam que 10 mil passos por dia fazem um bem tremendo à saúde

Que tal checar informações sobre isso agorinha na internet, usando meu buscador queridão, o Duck Duck Go?


Vamos lá! ... 10 mil passos saúde...

Eis uma notícia veiculada pela Universidade de Brasília, sobre o que tratamos:



Na volta do trabalho para casa, foi medida a distância das caminhadas que fiz.


Isso foi possível usando o aplicativo Runnerup, baixado na loja do F-Droid.

(É bom ter essa lojinha de aplicativos em seu celular, se você curte software livre!)






O Runnerup mostra o tempo, a distância e o mapa do percurso, dentre uma série de outros recursos...







As imagens dos logotipos / logomarcas foram feitas com o Shutter, outro belo aplicativo, também livre, perfeito para ser usado em distribuições GNU Linux; ajuda muito a divulgar e divulgar pequenas e grandes descobertas.


(As telinhas do aplicativo foram gravadas pressionando o botão de ligar e, ao mesmo tempo, botão de diminuir volume, em um Moto G.)

E nessa viagem pela internet não custa nada mesmo cadastrar continhas no GitHub e no próprio site do F-Droid . Passos importantes para ficar sempre em dia com novidades no mundo dos Programas Livres. 

Já retornando ao tópico da caminhada, até que não é má ideia incorporar rotina de 10 mil passos ou algo equivalente também no dia livre.

Quem sabe a gente consegue!






domingo, 4 de setembro de 2016

Atividades físicas - planejamento setembro





Começo de novo mês é hora de retomar o planejamento e as atividades.

Esse final de semana foi um ótimo começo, com treininho similar no sábado e no domingo:

- 1000 m de crawl "rodado" (sem parar);
- 400 m em duas séries de medley (50 m em cada estilo - crawl, costas, peito e borboleta);

Os 1000 metros foram percorridos no tempo aproximado de 28 minutos.

Mais de 500 kcal consumidas em cada um dos dias!

Em prol da saúde, que sejam aproveitadas as outras 15 oportunidades do mês para natação e também as 7 para caminhada...

PLANEJAMENTO EM PRÁTICA!

05/09 - caminhada - ida ao Tiquatira - trote/caminhada (8 voltas de 600m) - volta pra casa
55 min. 574 kcal

06/09 - natação
42 min. 375 kcal

07/09 - natação
500 m - aquecimento
500 m - série alternada (demência não permite lembrar)
x m - 100m (vai tiro de crawl, volta crawl respiração 2x1), 50m peito, serie repetida, porém com 100 m costas
41 min. 459 kcal

08/09 - natação

500m de aquecimento
(não me lembro bem das séries intermediárias - demência)

100m peito em apnéia
50m tiro de crawl
50m costas duplo

46min - 399 kcal

O rendimento na natação à noite, depois do trabalho, é bem pior do que em uma manhã de um dos dias de final de semana, com o corpo descansado.

Claro que o mesmo ocorre com outras atividades, como assistir aulas ou lecionar, por exemplo.

Mas não sei se um pouco pelo condicionamento obtido nos últimos dias ou se por esse fator "cansaço", os batimentos estavam bem mais baixos do que o habitual, mesmo em modalidades mais exigentes (borboleta, costas duplo ou mesmo tiro de crawl).

Quem pratica esporte sente melhor a importância do descanso para o corpo - mais um benefício!

10/09 - natação

500m livres

200m crawl (respiração 5 x 1)
200m peito (respiração 2 x 1)
50m borboleta
(série repetida)

100m crawl
100m peito na ida, costas na volta
100 borboleta

43 min.
501kcal

11/09 - natação
(treino basicamente idêntico ao do dia anterior)

500m - crawl

50m - borboleta
100m - crawl com respiração 5 x 1
100m - peito com respiração 2 x 1
(repete a série)

100m - crawl
200m - medley (crawl, costas, peito e borboleta)
50 m - costas

Total: 1350m
44 min. 464 kcal

12/09 - caminhada / trote

56 min.
548 kcal

Não anotei a distância percorrida, porém é possível estimar 2,5km no percurso entre minha casa e o local do exercício (ida e volta), mais 7 voltas no parque (4,2 km, sendo 600m cada volta). Total aproximado entre 6 e 7 km.

O monitor anota o total da semana:
6 exercícios
4h31min
2772 kcal
Bem razoável!

13/09 - natação
500m - nado livre
200m - perna de crawl
50m - braço de crawl
100m - crawl

100m - vai perna de costas, volta costas
150m - parafuso 4x1
100m  - borboleta na ida, crawl 2x1 na volta

100m - crawl solto

44 min. , 449 kcal

Esse treino foi feito apesar das adversidades. Cheguei quase em cima da hora - muito trânsito. Depois não encontrava o cadeadinho do armário. Dois motivos que, em tempos de sabotagem , seriam álibis para não treinar.
Mas prevaleceu o objetivo, cumprir a meta, para conseguir condicionamento e demais benefícios da saúde.
Viva a meta cumprida! 

14/09 - caminhada / trote
58 min, aproximadamente 600 kcal (Polar falhou no dia!)

15/09 - natação

200m livre

50m borboleta, 50m peito (respiração 3 x 1), 50m crawl (apnéia)
repete a série

100m - peito 3 x 1
100m - costas
100m - crawl 3 x1
repete a série

200m medley (50m cada estilo)
100 m costas

Total: 1400m
47', 424 kcal

17/09 - natação

Tive que acordar mais cedo para cumprir a meta (consulta no dentista às 11h).
Fiquei perdidão, sem saber se o povo do nível intermediário iria para a piscina 2 ou para a 3. Por isso, entrei na água um pouco atrasado.
Apesar dos percalços, deu pra dar umas braçadinhas...

500 m livres
200 m braço de crawl (com flutuador)

100 m perna de crawl

100 m - crawl 3x1

100 m - costas
100 m - peito

50 m - peito
50 m - costas

Total: 1200 m
40', 359 kcal

Obs.: O ideal seria adotar como regra o horário das 8h40min, pois dá pra aproveitar melhor os dias do final de semana do que ficando até quase 10h na cama.

18/09 - natação

Hoje a aulinha foi praticamente uma repetição do treino de ontem.
Aliás, acordei também mais cedo e fiz no primeiro horário (8:40).

500m - livres

200m - braço de crawl
(aqui o professor inventou um pouquinho - pediu pra fazer sem o flutuador - percebi que forçava um pouquinho e fiz só 150)

100m - pernas de crawl

100 peito
100 costas
100 crawl 3x1

50m borboleta
75m crawl
2x

Total: 1250 m, 43´, 389 kcal

 Fato desagradável do dia: perdi a carteirinha do clube (torrei R$12,00 em uma segunda via!)

Coincidentemente, ao chegar em casa, me deparo com uma matéria sobre exercício e perda de peso (The science is in: exercise won’t help you lose much weight - Vox). Basicamente, o que se coloca é que a maior parte da energia que gastamos no dia é para atividades rotineiras e de manutenção do corpo. O gasto com exercícios não é tão expressivo e, se não ficarmos atentos, por estarmos mais cansados, acabamos ficando mais tempo descansando, o que gera menos gasto com atividade rotineira. Além disso, quem pratica exercício pode pensar estar mais à vontade para comer - aí está a armadilha.

Total de gasto energético na semana: 2681 kcal
Tempo de exercício: 4h50´
19/09 - caminhada light

Praticamente andando rápido, o tempo todo.
57', 499 kcal

20/09 - FUREI
(sabotagens: frio, dúvidas com relação a vibração do carro...)


21/09 - caminhada
Entre garoa e chuvisco, sensação legal!
54', 501 kcal

22/09 - natação

400m - livres

300m - tiro de crawl na ida volta crawl 2x1

100m costas
100m peito
repete a série

200 m - crawl na ida, borboleta na volta
repete a série (fiz 100 m)

Total: 1400 m
44', 387kcal

Obs.: aulas de terça e quinta são feitas em piscina de 23m, então, 8% a menos, 1288 metros, aproximadamente...;-)

24/09 - FUREI DE NOVO!
Seria preciso muita ginástica, força de vontade ou determinação para ir ao dentista às 9:30 e antes fazer alguma atividade. Depois não deu. Além do festival na ADPM (sem atividades regulares na piscina), passei o dia "cuidando" do carrinho.

25/09
Hoje foi power. Bem gostoso mesmo. Primavera. Tiquatira já florido.  Temperatura de friozinho agradável...
Foram mais de 700kcal em 1h10. E pela primeira vez ainda investi um tempinho na academia ao ar livre que tem ali. Equipamentos legais, movimentos diferentes!



quarta-feira, 8 de junho de 2016

Retorno ao Twitter

Depois de um mês em "recesso", retorno à rede.

Melhor do que se fiar apenas na grande mídia.

domingo, 5 de junho de 2016

Fim da conta no Twitter

Na útima sexta-feira encerrei minha conta no micro-blog.
Ali não há mais o @alevianbr.

Eu até que gostava da ferramenta, mas ficava enjoado toda vez que pediam para eu confirmar número de meu telefone "para segurança de minha conta".

O que me deixou fulo foi o bloqueio de minha conta, por suspeita de eu estar espalhando spams e, além disso, por exigirem que eu inserisse o número do telefone, para fazer o desbloqueio.

Na verdade, eu estava apenas tentando divulgar, para figuras públicas, alguns políticos e jornalistas, informações que imaginava ser de interesse comum, para divulgação - no caso, a possibilidade de greve do Procon SP, marcada para a próxima quarta-feira.

Enviei a umas dez pessoas o link da Associação dos Funcionários da Fundação Procon (AFProcon) sobre o assunto: http://afprocon.org.br/2016/06/03/greve-do-proconsp/

Enviei às mesmas pessoas  a imagem da "publicidade oficial" referente à greve:



Como a conta foi bloqueada e não havia outra alternativa para resolver o problema que não fosse fazer o que vinha evitando, informei o número do telefone.

Porém, uma vez "liberado o acesso", desativei a conta. Simples assim.

Estaria eu realmente agindo como um spammer? Talvez.
É preciso ter regras. Certamente.
A rede vai me fazer falta? Talvez.

Ainda assim, não curti o desenrolar da situação e, por isso, não compartilho mais nada ali.
Toquemos a vida virtual de outro jeitinho.

sexta-feira, 22 de abril de 2016

Contra o ABUSO da Anatel, da Vivo e similares...

Várias ações tem sido tomadas para conter a ganância de um setor que, de olho no lucro, deixa de assumir seu papel perante o consumidor e a própria comunidade.

Tanto a Agência como as operadoras tem feito pouco em terras brasileiras, também no tocante à internet fixa. O serviço é caro, a qualidade é ruim e estamos muito longe da universalização, haja vista que apenas metade da população acessa internet.

Como se não bastasse, as empresas e a Agência agora querem inviabilizar economicamente o uso do serviço, ao torná-lo ainda mais caro.

Abaixo, passaremos a listar quem tem se engajado na luta contra esse abuso e consequentemente essa ilegalidade, verdadeiro retrocesso para o país:

  

domingo, 10 de abril de 2016

Retorno às atividades físicas...

Após 20 dias sem atividade física, graças a uma gripe, problema de pele e estado de relativa prostração, retornamos hoje à piscininha da ADPM.

O treino foi bom.


Não anotei bem a série - nem era tão variada - deficit mental mesmo.

Só me lembro que foram 500 m de costas.
Depois teve 200m com algumas variações, 200 m com outras variações e, por fim, 3 séries de 150 m. No total, deve ter dado entre 1200 e 1300m.

O reloginho anotou 45' e 463 kcal.

O último registro foi em 20 de março, quando o reloginho marcou 43' e 370 kcal.

Tem me encasquetado uma questão: o que será que fez agravar os problemas em minha pele, como se eu fosse novamente um adolescente?



Algo que certamente não será decifrado. Mas que aponta para a necessidade de um reequilíbrio.



quinta-feira, 10 de março de 2016


Consta que a ANAC está em vias de mudar algumas regras para empresas e passageiros. Ficará em consulta pública – 30 dias.


Quem foi chamado a opinar?
No UOL – Economia – a Proteste.

Não sei se alguém no Procon SP está envolvido no caso ou tem opinião, ainda que preliminar, sobre as mudanças e suas consequências.

Será que alguém de outros Procons desse Brazilzão está se importando com esse processo ou nele engajado?

Eu mesmo, passada a metade da quinta década vivida, viajei de avião duas vezes. E foi pelo Procon.

São mudanças que não me afetam diretamente, assim como não devem afetar diretamente a vida de mais de 90% da população, que tem renda familiar menor do que R$5.000 - parte considerável dessas pessoas, aliás, estão com nome “sujo”. 



Passada a primeira digressão, avancemos por pontos talvez menos desinteressantes.

Concordo com a opinião da Proteste – 30 dias é um prazo muito curto, para discutir mudanças drásticas.

Pois o prefeito Fernando Haddad colocou em consulta pública a criação do Procon da maior cidade do Brasil. Por quanto tempo, mesmo?

E alguns procolinos conversam sobre a ideia (malsinada?) de transformar o Procon SP em Autarquia. 
Em quanto tempo querem que saia um “Projeto de Lei”?

Nem as mudanças da ANAC, nem a criação do Procon Paulistano e muito menos a mudança do regime da Fundação Procon SP deve ser feita aos atropelos, sem amplo debate e coleta de pareceres ricos e corretos, se quisermos evitar perdas irreparáveis logo ali adiante.

Mas essa questão da ANAC, que não é das que mais me preocupam e menos ainda das que me ocupam, salvo por obrigação profissional, me leva a outro “ponto alto” da semana.

Nosso ex-coleguinha de Procon, Procurador de Estado, bem ligado às causas consumeristas, ambientalista e quetais, Dr. Sodré, falou lá em Brasília que o Procon de São Paulo inexiste.

Ao ler aquele depoimento, pra dizer a verdade, fiquei chocado.
Eu ali, ralando todo dia, 40 horas por semana, mais deslocamento - dando quase 12 horas de cada um de meus dias - bem ou mal produzindo trabalho útil, para tratativas coletivas e individuais, em prol da harmonização das relações de consumo, e o cabra diz que “NO EXISTE”, no maior estilo Padre Quevedo?!
.
Como pode ser dito algo assim sobre que envolve meu TRABALHO  e o de tantos colegas meus?

Foi então que uma coleguinha, mais próxima, mostrou-se, digamos, surpresa com esse meu ponto de vista, compartilhado por outros colegas de labor.

Não sei se saberia dizer bem certinho o que ouvi dela, mas considerei a ponderação, dentro do contexto que estava o Sodré e o pessoal do SISTEMA NACIONAL DE DEFESA DO CONSUMIDOR.

Será que o Procon SP ainda existe?

A comparar com o que já fez, quando estava presente nas discussões, um órgão de referência, que estava em todos os lugares em que suas “pernas” alcançavam, será que hoje ele ainda EXISTE?

A percepção anterior é de que atuava articuladamente com outras entidade envolvidas na DEFESA DO CONSUMIDOR.

Não sejamos "românticos" a ponto de, por conta do distanciamento, dizer que o trabalho era MARAVILHOSO, que o Procon SP era fenomenal ou algo do tipo.

Mas é difícil de negar que tinha mais reconhecimento e prestígio; e difícil de negar que "existia mais", como protagonista - pensava, logo existia.

Verdade também que talvez pudéssemos pensar e existir mais, se melhor usássemos os   600 cérebros que o contribuinte custeia.

A opção era, grosso modo, ter e manter uns 60 cabras considerados pelo próprio grupo deles "mais pensantes" e, portanto, mais participantes e "existentes", deixando a tigrada enxugando o gelo, fazendo o arroz com feijão ou algo assim.

Os mais de 500 simples mortais nunca tiveram a melhor noção de "TODO O TRABALHO", de existência, que era realizado.

Além da participação restrita em tal existência, nunca houve a devida divulgação. Nem sei dizer se foram bem documentados os feitos daquela existência. Se estão facilmente acessíveis a qualquer novo funcionário ou mesmo ao cidadão interessado.

(Digo isso até porque, segundo o que foi divulgado, na SENACON, tudo estaria bem documentado).

Alguém poderia alegar que "o trabalho árduo e as premências do dia a dia" não davam margem à divulgação nem possibilidade de envolvimento e engajamento maior de todos.


Mas Mario Sergio Cortella, nessa semana, dizia na CBN que tempo é questão de prioridade.
O cara "não tem tempo para se exercitar" até que enfarta.
No dia seguinte, arranja tempo.

No dia em que COMPARTILHAMENTO DE TRABALHOS DESENVOLVIDOS, ENGAJAMENTO DE TODOS OS SERVIDORES EM TAREFAS NOBRES, sem prejuízo das atividades corriqueiras, e DESENVOLVIMENTO PERMANENTE DE NOSSA FORÇA DE TRABALHO passarem a ser reconhecidos como o melhor caminho para uma EXISTÊNCIA PLENA DO PROCON SP, talvez possamos voltar a existir.


Em março de 2015 - e já há um bom tempo - temos nos contentado em "fazer o básico", sem muito pensar, sem muito existir.

E mesmo o básico não tenho certeza se está sendo feito de forma melhor.

As empresas estão mais do que antes ocupadas em evitar o transbordamento de demandas para o Procon SP?
(Sentem que há uma reação, se menosprezarem os consumidores ou tem a tal "sensação de impunidade"?)

Os casos que chegam ao Procon tem sido RESOLVIDOS em maior proporção do que antes?

Sabemos em quantos e quais setores as relações estão mais ou menos harmonizadas?


Como voltar a pensar, agir e assim existir, até mais do que antes?


PROVOCAÇÕES:

1) Será que  esse Proconzinho do Haddad, aliado à ideia do Matarazzo, de botar unidades nas subprefeituras (já aprovado em primeira instância na Câmara Municipal) irá dar um baile no Procon que deveria ser o maior e melhor do Brasil, até por ter maior estrutura?

2) IDEC, a Proteste e, por que não dizer, o Reclame Aqui – apenas para ficarmos em alguns exemplos - tem exercido cada um o seu papel, com mais ou menos dinheiro.
E o Procon SP quando terá sua próxima revolução, em favor da instituição?.

P.S.:Quem sabe um dia, no Twitter do Procon SP (@proconspoficial), a articulação de seus servidores seja tão divulgada com a dos servidores da AGU:

Parlamentares defendem valorização da advocacia pública em sessão solene na Câmara - http://bit.ly/1UbDhNL 

 

terça-feira, 1 de março de 2016

Retomada das atividades físicas - sem negligência!


Etapa 1/18 (01.mar.2016) - cumprida.

400m livres

50m de borboleta
100m de costas
(repete a série)

100m tiro de crawl
100m crawl 2 x 1
(repete a série)

150m de peito
50m submerso

100m de costas

Total: 1400 m 

Obs.: alguns probleminhas com o monitor (nadei uns 5 minutos sem marcar e esqueci de desligar o aparelhinho.... apurações prejudicadas.


Etapa 2/18 (03.mar.2016) - cumprida.

300 m livres -

75m crawl - respiração 8x1 na ida, 4x1 na volta
50 metros de peito

(3 séries iguais)

50 apneia
50 costas
(4 séries iguais)

200 medley
(2 séries iguais0

Total: 1475 m 


Etapa 3/18 (05.mar.2016) - cumprida.

500 m livres



200 medley + 50 costas
(repete)

150  respiração 7 x 1 na ida e 4 x 1 na volta
150 peito, respiração 2 x 1

Total: 1300 m

Etapa 4/18 (06.mar.2016) - cumprida.

400m livres
 
100m peito 3 x1
50m borboleta
100m submerso
(repete a série)

200 medley
(borboleta, costas, peito e crawl - nada uma piscina, anda uma piscina)
repete a série

50m livres

Total: 1350m
331kcal

Etapa 5/18 (08.mar.2016) - cumprida.

Tive de ir me arrastando...
Velório do pai de uma amiga mais dia insatisfatório no trabalho.
De todo modo saiu alguma coisa.

200 m livres

150m crawl 3x1
50m perna de peito - mão nas costas/glúteo
(repete a série)

200m crawl forte

100m perna de peito
100m peito 2x1
(repete a série)

Obs.: Deve ter tido uma série intermediária - de uns 300 m, que não me lembro qual foi.

381kcal
46´

Etapa 6/18 (10.mar.2016) - descumprida.

Ficamos até mais tarde no trabalho. Ajustes no Cadastro de Reclamações Fundamentadas 2015.


Etapa 7/18 (12.mar.2016) - cumprida.

500 m livres

200 medley
50 costas
(repete a série)

150 de crawl 7x1
150 de peito

Total: 1300 m
41´
444 kcal

Etapa 8/18 (13.mar.2016) - cumprida.

idem etapa 7/8
Porém consegui fazer só 1100m, pois cheguei um pouco atrasado para a aula.
37'
385kcal

Etapa 9/18 (15.mar.2016) - cumprida.

300m livres

100m peito
50 m crawl 10x1
(repete a série)

200 m de costas
50m de borboleta
(repete a série)

25m tiro de crawl
25m costas
25m tiro de crawl
25m peito
(repete a série mais duas vezes)

Total 1400 m
46´
488kcal

Etapa 10/18 (17.mar.2016) - cumprida.

400 m livres

50m borboleta
100m costas
(repete a série)

100 tiro de crawl
100 crawl 2x1
(repete a série)

livre 
optei por costas... fiz mais 200m

TOTAL: 1300m
42'
421 kcal
 

domingo, 28 de fevereiro de 2016

Atividade física neglicenciada...

Independentemente das justificativas, mais ou menos plausíveis (gripe, desastres automobilísticos, preguiça, outros compromissos...), o resutado tá aí e não é bom:






Ou seja, das 8 "semanas cheias", só em três a atividade física foi praticada duas vezes por semana, o que não é nem de perto o mínimo necessário.

E ainda teve duas semanas inteirinhas em que não houve sequer um dia de atividade - fiasco total.






Ok, hoje o treininho foi bom:

500 m livres

200 medley (borboleta, costas, peitro e crawl)
50 costas

(repete a série de 250)

150m (ida com respiração 7 x 1, volta com respiração 3 x 1)
150 m de peito

100 m livres

Total, 1400 m - 44' - 469 kcal

Março bate à porte.
Serão 5 terças-feiras, 5 quintas-feiras, 4 sábados e 4 domingos.
18 possibilidades.
Que sejam aproveitadas integralmente!

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Será que os indianos estáo errados?

Estamos aqui mais uma vez abordando um tema que, certamente, não interessa à parte mais sofrida da população. Isso se levarmos em conta que vivemos em um estado com aproximadamente 1 milhão de analfabetos e ainda com parte significativa da população padecendo do analfabetismo funcional.

De todo modo, como parece que "todos usam as tais redes sociais", produtos e serviços das grandes empresas de tecnologia, responsáveis por negócios bilionários, o tema desperta algum interesse - internet livre!

E sobre ele ontem recebemos uma notícia interessante.
Na índia, o tráfego gratuito de internet (seletivo / para determinados aplicativos) foi proibido:


Aqui no Brasil, apesar do Marco Civil da Internet, várias operadoras oferecem pacotes ilimitados para o uso desses aplicativos. Graças aos buracos supostamente existentes na legislação.

Até nos EUA a prática é vista como ameaça à neutralidade da rede:


A questão é simples: se ofereço algo que "facilita ainda mais" os negócios para os gigantes, torno praticamente inviável o trabalho dos pequenos, dos novos, dos locais... Ou seja, mantenho todo o sistema viciado, preservando o intere$$e de algun$. 

No entanto, por aqui, as chamadas autoridades parecem estar até alheios à discussão ou tratam do caso a passos lentos, sem profundidade.

Vejam que o Ministro ainda está "lançando consulta"...


A chance de manutenção da neutralidade da rede é bem pequena. 
(Estamos a um passo da "flexibilização" do Marco Civil da Internet!)

Temos até instituição particular que se proclama defensora dos direitos do consumidor, mas lança campanha a favor de aplicativo de grande corporação. 

E as instituições públicas de defesa do consumidor também ainda não publicaram sua posição nem estimularam o debate sobre o tema. Silêncio que no caso é mais do que um pecado.

Notar que há outras questões ligadas aos gigantes que deveriam merecer atenção das autoridades.  Não raramente escolhem o que deve ser mostrado ou a cada usuário, de acordo com conveniências de mercado ou ideológicas. Contribuem, assim, com a censura de temas e ideias, avocando para si o direito de publicar ou não determinados conteúdos, sob a "justificativa" nada plausível de que estariam operando em espaço privado.




sábado, 30 de janeiro de 2016

Abordagem sobre Uber (adaptável a outros temas)

Como se sabe, o Brasil tem instituições consolidadas.

A mídia livre e independente é uma delas - fiscaliza os outros poderes.

Nossa TV pública é forte, a ideia e a implantação da TV DIGITAL foram muito bem sucedidas, pois conseguiram fazer surgir e tem mantido múltiplos canais de informação qualificada, formação e entretenimento.

Temos aqui também o uso da internet bem desenvolvido, com inúmeras fontes de conteúdo, com temas variadíssimos e bem aprofundados...

Como a grande maioria das pessoas tem carro particular e a questão do sistema de transporte público está bem perto de ser equacionada, um dos temas preferidos de nossas grandes empresas de comunicação tem sido discutir serviços como o Uber, realmente em consonância com o interesse do povão. E, como também se sabe, nossa gente tem necessidades materiais bem atendidas, de modo que o papel exercido pelos formadores de opinião é realmente tornar ainda melhor o nível intelectual do povo, com formação e informação, além de sempre fomentar valores como o espírito de solidariedade, para não dizer altruísmo, espiritualidade e caráter..

Dentro desse contexto, nossas empresas de comunicação, como se sabe, sempre abordam os temas com o distanciamento esperado de seus bons jornalistas livres e independentes, tudo sempre alinhado com o interesse da grande maioria do povo trabalhador de nossas comunidades. 


Aliás, não há esquina em que o assunto Uber não esteja sendo discutido, daí o reflexo dessa discussão também na mídia. Claro que todo o povo tem seus próprios carros particulares, limpos e luxuosos e que ainda podem optar pelo transporte público quase impecável, oferecido por empresas do tipo SPTrans, Metrô e CPTM... Só que nossa gente está cansada da mesmice e aberta ao novo!

De fato, em um mundo como o nosso, "cheio de oportunidades", todos, trabalhadores e consumidores, querem e podem abandonar profissões e trocar de serviços a qualquer momento, sem qualquer prejuízo social ou econômico - pelo contrário, mudanças favorecem o avanço, a colocação do trabalhador e do consumidor onde devem estar, possibilitam o desenvolvimento e, consequentemente, um mundo melhor para todos...

Acho apenas que informações prestadas por nossa mídia tão independente poderiam ser um pouco menos repetitivas. Por exemplo, não é necessário dizer em toda matéria da Veja, da Folha ou da Globo e dos assemelhados o que já está na Wikipédia:

"Cerca de cinco anos após sua fundação a empresa foi avaliada em 18,2 bilhões de dólares, em junho de 2014, contando com investidores como a Google e Goldmann Sachs." 

Sim, o Uber é do Google e vale o dobro do Facebook! Isso qualquer um já sabe! Não precisa repetir o tempo todo.

Não precisa dizer que Google e Goldmann Sachs querem muito mais do que lucrar e remeter algum dinheirinho para seu país de origem (EUA), até porque dinheiro lá, como em qualquer lugar do mundo, é fácil de ser gerado - principalmente com trabalho! O $I$tema é assim: VALORIZA O TRABALHO!!!

Ademais, são empresas multinacionais conscientes de suas responsabilidades sociais, especialmente da necessidade de contribuição com o desenvolvimento local, por isso estabelecem sede nos países em que operam. E assim geram muitos empregos qualificados e bem remunerados, especialmente de nível gerencial e estratégico.

Há quem diga que os motoristas do Uber e os muitos outros profissionais que trabalham em empresas assim são sempre satisfeitos com seus empregadores - como quem trabalha par ao Mc Donald's e Walmart , aqui ou em qualquer lugar do mundo. Aliás será que recebem vale-refeição de R$50,00 por dia e tem ainda um plano de saúde de primeira linha? Linx ou Omint?

Verdade os profissionais brasileiros, sempre criativos e qualificados são disputados, mas ainda assim é bom notar que nos classificados e nas agências virtuais de emprego que o Uber está sempre oferecendo ótimas e numerosas oportunidades para nosso povo, bem mais do que os concorrentes locais, como o 99 Taxi, por exemplo... E, claro, trabalho com as melhores condições. Afinal, ele é diferente e muito melhor!

Outra informação divulgada demais, até além da conta, na grande mídia (Estadão, Revista Época, Bandeirantes, Globo, Folha e assemelhados) é o "salário médio" de um motorista do Uber - aquilo que sobra no final do mês, depois de ele bancar seu carrão de luxo (custo de oportunidade do carro - mais de R$70 mil - depreciação, manutenção, combustíveis etc).

Outro motivo para não se falar o tempo todo e em todas as matérias qual é a real remuneração líquida do motorista médio do Uber é que a informação pode ser buscada com facilidade no Google (talvez pela isenção do buscador, fora o fato de ser ligado ao desenvolvedor do aplicativo).

Só para variar, obtive a informação por outro buscador, o Duck Duck Go:


Com o preço do petróleo lá embaixo, a gasolina barata, assim como os carros e preços de manutenção super acessíveis, evidentemente R$4.000,00 é mais do que suficiente para que o motorista banque seu carrão de R$70 ou R$100 mil e ainda tenha uma vida muito digna - ele e toda sua família. E isso sem prejudicar os negócios das grandes corporações - que sempre cada vez mais nos ajudam - ficando com apenas 1/4 de tudo o que se arrecada. Bônus justo para quem criou o serviço e depois...

Outra coisa que funciona no país, com apoio da grande mídia - isenta e independente - é o processo legislativo.

Mas também não é motivo para discutir com tanta exaustão, falar todo dia e em todos os canais da grande mídia, sobre o projeto que há no Senado para regulação do Uber - algo desnecessário, haja vista o consenso sobre o tema:


E notem que o projeto discute questões elementares, como obrigatoriedade de aceitar pagamento em dinheiro (que é de curso forçado no país), acessibilidade do aplicativo para deficientes, recolhimento de impostos. Coisas que, evidentemente, por si só e independentemente de qualquer regulação, o Uber trataria de fazer. Afinal, atua em consonância com as leis, é cheiroso e inclusivo (sabe que precisa respeitar seu cliente). 

A discussão é realmente inútil, pois embora haja resistência de alguns taxistas, motivada talvez única e exclusivamente pela cor do carro - preferem dirigir carros brancos, tudo tende a se ajeitar, se todos passarem a dirigir carros Uber. Talvez a empresa até concorde em liberar operação com carros de qualquer cor que queira o motorista e o consumidor final.

Se todos mudarem para o Uber, o serviço tenderá a ficar ainda melhor e probleminhas como os registrados no Reclame Aqui serão cada vez mais raros.
Aliás, será que não são inventadas pela minoria contrária o Uber essas reclamações?
Fica a possibilidade para pensar...

E, assim, continuaremos ajudando a melhorar a vida de quem precisa (Google, Goldman Sachs e muitos outros). E mesmo coma criação de muito empregos para os brasileiros nos escritórios do Uber no Brasil - talvez um em cada cidade com mais de 200.000 habitantes... parte daqueles 20% que fica com a empresa pode ir para os EUA, afinal todos precisam...

E quando passarem a aceitar corridas em papel moeda, os banqueiros terão seu quinhão, pois parte delas continuará sendo paga com cartão de crédito / débito, ajudando assim o Bradesco, a CEF, o Itaú e outros patrocinadores da mídia, para que ela possa continuar a nos informar e entreter e colaborar com o desenvolvimento econômico e social de nossa nação! 

P.S.: Outra informação que não precisaria ser comentada em todas as matérias sobre o Uber é o fato de ele ter sido praticamente VETADO na Alemanha e da resistência, encontrada em países como França e Espanha. Afinal, o Brasil está em outro patamar, não é mesmo?








domingo, 24 de janeiro de 2016

Veículo reparado...

De UNO ACIDENTADO


... e que siga abençoado!

De UNO ACIDENTADO

Segundo treininho bom relatado do ano...

NATAÇÃO 

500m livres

150m de costas
100m alternando duas braçadas de crawl

(repete a série anterior)

300m de crawl, respiração 3 x 1

100m nada livre

Total: 1400m

Tempo: 45´

Energia: 508 kcal

Esforço cardíaco: máx. 92%; méd. 78%

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Reparo (I) em ritmo acelerado...

Hoje fui fazer uma visitinha à oficina Pica Pau's... Gostei do que vi! E adorei saber que na sexta tá pronto!
De UNO ACIDENTADO
De UNO ACIDENTADO
De UNO ACIDENTADO
De UNO ACIDENTADO

domingo, 17 de janeiro de 2016

Começo de ano diferente demais...

Antes do vigésimo dia de 2016, estive envolvido em dois acidentes automobilísticos.

Enquanto o Uno está na oficina, para os devidos reparos, agora foi o carro da sogra que rodou.


Abaixo, o resultado da imprudência de um motorista, que dirigia em alta velocidade na Via Anchieta, sentido São Paulo, e nos causou prejuízo considerável.

Aconteceu ontem, quase meia noite. Estávamos voltando de São Bernardo na pista da esquerda da via expressa, nas imediações da Universidade Anhanguera a aproximadamente 100km/h.Um sujeito deu farol, pedindo passagem, mas antes de eu conseguir sair da pista, fez o estrago no Ká.

Como o carrinho rodou na estrada e bateu no guard rail (mureta), não tivemos nem como saber qual era o carro causador do acidente, que nem parou para saber se houve algum dano de maior gravidade, além do material. 

Quem testemunhou o acidente e parou para eventualmente ajudar nos disse que era um Mercedes, que ficou também danificado.


Felizmente, nossos anjos da guarda estavam de plantão e não sofremos uma escoriação sequer. Serviço difícil, em uma estrada movimentada, com muitos carros trafegando em alta velocidade naquela hora.

Graças a Deus!

Lições nem sempre são baratas!


De KÁ DANIFICADO
De KÁ DANIFICADO
De KÁ DANIFICADO
De KÁ DANIFICADO

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Treininho bom!

NATAÇÃO
500m livres

200m peito (regressivo - alterna a cada 50 m - de 4 x 1 até 1 x 1)
50m borboleta

100m crawl 5 x 1
100m (vai piscina ondulando, volta costas)
100m só braço com flutuador

(repete sessão anterior)

100m livres (no caso, optei por costas)

TOTAL: 1450
45 minutos
410 kcal

domingo, 13 de dezembro de 2015

Agências reguladoras - não podemos apostar nelas todas as fichas MESMO!

Tal como aqui, no exterior a eficácia das agências reguladoras é bastante questionável:

Para melhor compreender, clique abaixo (in English!)

FCC proposes millions in fines, collects $0

terça-feira, 17 de novembro de 2015

É bom (ainda) poder trabalhar em um local de credibilidade...


Pesquisa IRBEM (Indicadores de Referência de Bem-Estar no Município, realizada pelo IBGE Inteligência).

http://www.nossasaopaulo.org.br/portal/irbem
















Cabe ainda mencionar os não tão "acreditados"...












Arquivos em pdf:
confiam
não confiam




quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Resposta do BB, referente ao questionamento forumlado (postagem anterior)

Alexandre,

Em atenção à sua manifestação registrada no Serviço de Atendimento do Consumidor do Banco do Brasil, protocolo nº 39491153, pedimos a gentileza de contatar o suporte técnico pelo telefone 0800 729 0200, quando for acessar sua conta corrente pela Internet do computador ou dispositivo móvel que você deseja efetuar a configuração, para obter as orientações necessárias ao atendimento de sua solicitação. O Suporte Técnico oferecerá um diagnóstico mais preciso para auxiliar em sua demanda e oferecer a solução. Não identificamos nenhum impedimento cadastral para que o senhor possa investir no tesouro direto pela internet.

Prestadas essas informações, reafirmamos nosso compromisso com o melhor atendimento e permanecemos à disposição para quaisquer outros esclarecimentos.

Conheça os nossos canais de atendimento no seguinte endereço: www.bb.com.br/atendimento
Equipe BB Atende


RESUMINDO... NADA FOI RESOLVIDO.

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

BB precisa dar mais atencao a quem opera o Tesouro Direto com GNU Linux / Software LIVRE

Abaixo,  mensagem mais ou menos como a registrada via site SAC do BB, referente a dificuldades para operacao com Tesouro Direto em maquina com GNU / Linux


"Apesar de haver mensagem no site, referindo-se à necessidade de uso do JAVA ORACLE (com o perdão da palavra) para uso no GNU Linux, sempre foi possível usar o Open JDK.
Entrar na conta e fazer (quase) todas as transações com ele. Até outro dia era tambem possível investir em TESOURO DIRETO.


Até hoje é possível acessar sem problema o HOME BROKER:
https://hbk.bb.com.br/imc/home.html?cid=21411


Só que nem todos querem transacionar com ações.
Muitos preferem tesouro direto.


Pois, agora, ao clicar em tesouro direto, o sistema do banco faz uma verificação do browser, do java e do sistema linux e indica ACESSE SUA CONTA.


Isso sempre ocorreu, só que levava para a parte da corretora referente a investimento em tesouro direto.


Agora, sabe-se lá por que, ele leva novamente para a página de acesso à conta!
https://www41.bb.com.br/portalbb/tdr/gcs/statics/gas/validacao.html


Acho que tá BUGADO!


Por favor, corrijam isso pamode o pessoal poder novamente investir em TESOURO DIRETO, pelo BB, com o velho e bom GNU LINUX e com o Open JDK, tão bem aceitos para acessar a conta e o Home Broker, só o Tesouro que aida não.


Tomara também que estejam também trabalhando para REMOVER de vez esse lance de JAVA.

No Bradesco não tem nada disso.
Basta ter um cartãozinho cadastrado e as senhas para fazer as transações, na boa.


O Santander nem é integrado com a BM&F.
As ordens são dadas pelo próprio site da BM&F e a grana entra e sai da conta do sujeito, mas tb não tem essa coisa obsoleta de Java, ainda mais de uma corporação como a Oracle (com o perdão da palavra) e o escambal.
O BB precisa continuar amigos dos LINUXERS e não pode tomar toco de um banco privado.


Até outro dia, o BB botava o Pinguim nos caixas eletrônicos!


Abraços!